APOSTILA INFRAERO 2011 PDF

The group were known as very paulistanos in apodtila behaviour and clothing. Because of that, most of its area has restricted access. The Tropicalist movement began there. Cultural Turn[edit] Cultural Turn is an annual event held since by the Municipality, promoting 24 hours of non-stop cultural activities held each May. MASP organizes temporary exhibitions in different special areas, approaching the most varied subjects and supports. Retrieved July 21, Located in one of the few remaining centenarian buildings, the museum occupies part of the former Hostel.

Author:Baramar Kelkree
Country:Cuba
Language:English (Spanish)
Genre:Relationship
Published (Last):18 August 2015
Pages:389
PDF File Size:2.30 Mb
ePub File Size:2.84 Mb
ISBN:485-3-55514-763-2
Downloads:95468
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Fenriran



Formao dos Grupos Formao Pessoas se conhecem e regras so estabelecidas Erupo Surgem os conflitos, Resistncias aos limites ao indivduo e acontecem primeiras disputas pelo controle do grupo Normalizao Coeso aparece e relacionamento fica mais firme.

Estrutura se solidifica e regras esto internalizadas Realizao Estrutura j est funcional e energia do grupo passa a ser gasta na realizao das tarefas Encerramento Em grupos temporrios, esta fase a de preparao para o encerramento das atividades Prof. Rodrigo Renn Diferenas entre Grupos e Equipes Grupos Objetivo trocar informaes No tem sinergia Responsabilidade individual Habilidades randmicas e variadas Relacionamento informal e solto Equipes Objetivo o desempenho coletivo Sinergia positiva Responsabilidade coletiva Habilidades complementares Relacionamento coeso e firme Prof.

Rodrigo Renn Habilidades Necessrias para o Sucesso de uma Equipe Habilidades de Comunicao sem uma comunicao eficaz entre os membros da equipe, ser muito difcil atingir os resultados desejados.

Habilidade de Autogerenciamento A equipe deve, em conjunto, ultrapassar obstculos por meio da construo de um senso de propriedade, responsabilidade, compromisso e eficincia de cada membro, encorajando a total participao e autocrtica para melhorar incessantemente as condies de trabalho; Habilidades de Liderana Devem existir oportunidades para que todos exeram a liderana.

Cada membro deve aprender a organizar, colaborar, planejar, facilitar, relacionar e servir como coach e mentor; Prof. Rodrigo Renn Habilidades Necessrias para o Sucesso de uma Equipe Habilidades de Responsabilidade Habilidade de Apoio Diversidade Habilidade de Retroao e Avaliao Cada membro da equipe responsvel no s pelo seu trabalho, mas tambm pelo trabalho dos seus colegas. A responsabilidade do trabalho compartilhada por todos Quanto mais diversificada a equipe tanto maior sua habilidade de responder a novos problemas e apresentar novas solues.

Os preconceitos devem ser evitados. Pessoas com perfis diferentes trazem novas ideias e pontos de vista que podem acrescentar e enriquecer o trabalho da equipe; Sem aprender com os erros passados, nenhuma equipe cresce. Devemos incentivar a autocrtica e a busca pelo auto-aprendizado constante; Prof.

Rodrigo Renn Habilidades Necessrias para o Sucesso de uma Equipe Habilidade de Planejamento Estratgico Habilidade de Conduzir Reunies Bem-sucedidas Habilidade de Resolver Conflitos Habilidades de Desfrutar Em vez de responder a problemas com respostas isoladas, a equipe deve utilizar o planejamento estratgico para mapear os desafios e oportunidades de modo participativo; No deve existir perda de tempo com reunies longas e pouco produtivas.

A equipe deve aprender a utilizar tcnicas de modo que as reunies sejam curtas e produtivas; A equipe deve aprender a resolver problemas, negociar colaborativamente, responder a situaes difceis e resolver conflitos internos; O trabalho no deve ser encarado como uma pena para os membros da equipe. Aprender a gostar do trabalho que feito e desfrutar dos momentos juntos importante para que a equipe tenha sucesso.

Formadas por membros de vrios departamentos Mesmo nvel hierrquico, Exemplo: Fora-tarefa. Executam tarefas relacionadas ou interdependentes; Tomam muitas das responsabilidades dos supervisores; Planejam e distribuem tarefas aos membros Controlam ritmo do trabalho, escolhem e avaliam membros. Utilizam TI para juntar pessoas dispersas; Podem incluir pessoas de dentro ou de fora da organizao; Geram menos interao social entre os membros.

No caso das equipes de trabalho, a responsabilidade pelo resultado final compartilhada, no caso dos grupos, individual. O verdadeiro lder de equipe aquele que controla todas as variveis internas, evitando os conflitos, e externas, eliminando as incertezas.

B O trabalho em equipe s funciona quando o lder compreende as necessidades de cada membro e procura satisfaz-las. Isto evita insatisfaes, conflitos internos e o surgimento de competio em torno da liderana. C O trabalho em equipe exige elevada disciplina, senso de hierarquia e disposio de sacrifcio dos membros em relao s decises do lder.

Rodrigo Renn Questes de Concurso D No trabalho em equipe, as habilidades de cada um so complementares, os conflitos so resolvidos pelo dilogo e a liderana se afirma pela confiana dos demais na sua competncia para conduzir a equipe. E Uma equipe de trabalho eficaz baseia-se na confiana de cada um e na sua competncia individual. Quando cada um faz o que considera mais adequado, o trabalho tende a se harmonizar de forma espontnea, sem a necessidade de uma liderana forte.

Ela constitui a sua unidade de ao, a sua ferramenta de trabalho. Com ela, o executivo alcana metas e produz resultados. Para tanto, ele precisa saber como escolher sua equipe, como desenhar o trabalho para aplicar as competncias dela, como treinar e preparar a equipe para aumentar sua excelncia, como liderar e impulsionar a equipe, como motiv-la, como avaliar o seu desempenho para melhor-lo cada vez mais e como recompens-la para reforar e reconhecer seu valor.

Essa a sua praia. Trabalhar com a equipe passa a ser a atividade principal do executivo como gestor de pessoas. Mas lidar com equipes exige cuidados especiais. A Equipes de melhoria de processos: um grupo de pessoas com ou sem experincia, vindas de fora da entidade.

Os membros so geralmente pessoas com perfil mais conservador. Rodrigo Renn Questes de Concurso B Equipes funcionais cruzadas: so compostas de pessoas vindas de diversas reas da empresa marketing, produtos, finanas, engenharia e so formadas para alcanar um objetivo especfico por meio de um mix de competncias. Quase sempre so designadas. C Equipes de projetos: so formadas especialmente para desenhar um novo produto ou servio. Os participantes so designados na base de sua habilidade para contribuir para o sucesso.

O grupo geralmente debanda aps completada a tarefa. D Equipes autodirigidas: so compostas de pessoas altamente treinadas para desempenhar um conjunto de tarefas interdependentes dentro de uma unidade natural de trabalho.

Os membros usam o consenso na tomada de deciso para desempenhar o trabalho, resolver problemas ou lidar com clientes internos ou externos.

E Equipes de fora-tarefa: uma fora-tarefa designada para resolver imediatamente um problema. O grupo fica responsvel por um plano de longo prazo para resoluo do problema que pode incluir a implementao da soluo proposta. A articulao dessas habilidades pode ajudar uma equipe a definir melhor o que ela deve e como fazer. A Habilidade de autogerenciamento: a equipe deve, em conjunto, ultrapassar obstculos por meio da construo de um senso de propriedade, responsabilidade, compromisso e eficincia de cada membro, encorajando a total participao e autocrtica para melhorar incessantemente as condies de trabalho.

B Habilidade de comunicao: a equipe deve trabalhar colaborativamente para comunicar aberta e honestamente, ouvir ativamente para obter sinergia. Rodrigo Renn Questes de Concurso C Habilidade de liderana: a equipe deve criar oportunidades para que cada participante sirva como lder. Para tanto, cada membro deve aprender a organizar, colaborar, planejar, facilitar, relacionar e servir como coach e mentor. D Habilidade de responsabilidade: cada membro da equipe responsvel somente pelo seu trabalho.

A responsabilidade no compartilhada com os demais. E Habilidade de apoio diversidade: quanto mais diversificada a equipe tanto maior sua capacidade de responder a novos problemas e apresentar novas solues. Novas ideias proporcionam diferentes opinies que enriquecem o trabalho da equipe. Esteretipos e preconceitos devem ser eliminados. O ideal que cada membro da equipe especialize-se em uma das habilidades necessrias ao trabalho, sem redundncia de competncias.

Cada membro da equipe deve agir como assessor, estando atento ao que os outros esto fazendo e, se necessrio, informando os demais sobre mtodos mais eficientes e eficazes de trabalho. Isto exige poder de persuaso e influncia sobre a alta direo. Um fator essencial de sucesso a capacidade de coordenao e integrao do trabalho dos membros da equipe pela alta direo da organizao.

Rodrigo Renn Questes de Concurso V. Toda a equipe igualmente responsvel pela definio e manuteno de processos eficazes de trabalho, mas um dos membros sempre concentra maior esforo na reviso da qualidade desses processos. No pode haver harmonia em equipes montadas em torno de objetivos e metas de desempenho previamente estabelecidas pela organizao.

Para isso, necessrio que as normas e as metas comuns sejam definidas pelo prprio grupo. As equipes so montadas, principalmente, para melhorar a eficcia organizacional e no para aproximar pessoas nem aprimorar o clima da organizao. As equipes devem se alinhar s macroestratgias da organizao e no construir sua prpria viso da misso, dos valores e das metas.

Cada equipe deve ser montada com base em sua misso dentro de um escopo mais amplo, universal, de forma a no limitar suas aes nem a criatividade necessria para inovar. No recrutamento, fundamental deixar claro aos candidatos o que se deseja alcanar, quais so as recompensas possveis, mas, sem acentuar os reais desafios e riscos. I Um grupo transforma-se em equipe quando os membros passam a prestar ateno a sua forma de trabalhar e procuram resolver os problemas que afetam o seu funcionamento.

II O papel da comunicao no to importante quanto as habilidades sociais de colaborao e de apoio para a eficcia do trabalho em equipe. III Uma das maneiras de lidar com as dificuldades de relaes nas equipes estimular a criao de confiana entre os membros. IV O funcionamento no-harmonioso da equipe permite que seus membros possam concentrar-se em melhorar os processos de trabalho, apesar das disputas internas. A quantidade de itens certos igual a a 1 b 2 c 3 Prof. Rodrigo Renn.

AUDIO TECHNICA ATW-2129 PDF

Concurso INFRAERO 2011

.

ANIC RJECNIK PDF

Announcement

.

EN 20594-1 PDF

Concurso Infraero 2018 – Edital, Vagas, Inscrição

.

Related Articles